Home

Destaque

Sensibiliza participa do Programa de Acolhimento Estudantil 2014

A Divisão de Acessibilidade e Inclusão da UFF está participando do Programa de Acolhimento Estudantil do segundo semestre de 2014. A programação, que acontece neta quinta e sexta-feira, dia 24 e 25 de julho, de 9 às 17h, no Campus do Gragoatá, em Niterói, faz parte da tradicional recepção dos calouros. 

Nesse semestre, o Sensibiliza vai contar com a participação dos intérpretes de libras da uff, bolsistas do PDI acessível e de alunos com deficiência. Durante todo o dia, os novos alunos terão a oportunidade de participar e de assistir várias atrações culturais e acadêmicas, conferências e apresentação de diversos projetos desenvolvidos pela UFF.

Notícias

Exibição do filme "colegas", com atores que têm síndrome de down

O CIEE Rio, através da Coordenação de Programas Especiais, apresenta o cronograma de atividades gratuitas do mês de Agosto | 2014. O CIEE Rio oferece mensalmente atividades gratuitas para qualificação no mundo do trabalho, que visam orientar, estimular e qualificar para a gestão da carreira profissional.

Consta na imagem anexada a programação do mês de agosto com os dias, horários e objetivos de cada tema abordado.

 

Estudos sobre a Deficiência - 13 a 15 de agosto de 2014

 O “Memorial da Inclusão: os caminhos da pessoa com deficiência”, órgão da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, tem o prazer de organizar mais uma rodada de debates abordando o tema dos Estudos sobre a Deficiência.

Os chamados Disability Studies consistem num campo de estudos interdisciplinar que ganhou projeção mundial, tendo origem no contexto anglo-saxão, em meados da década de 1960. A proposta principal desse movimento intelectual é a de que a deficiência não é simplesmente uma tragédia individual cuja “solução” estaria reservada aos quartos dos hospitais e centros de reabilitação. Ela é muito mais do que isso, portando dimensões essencialmente sociais e políticas. 

Estudante de BH supera doença e sonha em ser pesquisadora de neurociência nos EUA

É a vida de desafios a principal motivação para o estudo, bem maior que Aline de Castro Santos quer levar para o futuro. Ela, aos 20 anos, está decidida a se tornar pesquisadora de neurociência na área de doenças degenerativas. A estudante nasceu com o diagnóstico de atrofia muscular progressiva tipo 2, mesmo quadro do irmão mais velho, Claudio Henrique, de 25. Os dois são a alegria do casal Nelson Santos e Rosemary Castro. Quem vê o sorriso de Aline, ao lado da mãe, não imagina o sufoco de todos os dias para a família. Contudo, não há drama capaz de embarreirar os sonhos da garota. O salto mais alto ela dá agora, de malas prontas para o Kentucky (EUA).

Aline foi aprovada no programa federal “Ciência sem fronteiras”. As últimas semanas foram de batalha para conseguir que a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – agência governamental vinculada ao Ministério da Educação e Cultura (MEC) – reconhecesse a condição especial da jovem. Por fim, depois da recusa inicial, o reconhecimento e a liberação de recursos para que Rosemary Castro possa acompanhar a bolsista. Mãe e filha embarcam dia 15.

Pesquisadores criam ferramenta que faz cegos enxergarem com o ouvido

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte criaram uma ferramenta importantíssima para deficientes visuais. Cada degrau é um obstáculo a menos para Bruno Lima. A bengala é a única ferramenta que ele tem para andar com um mínimo de segurança nas ruas. Mas ela não evita os acidentes.

Sensibiliza participa do Programa de Acolhimento Estudantil 2014

A Divisão de Acessibilidade e Inclusão da UFF está participando do Programa de Acolhimento Estudantil do segundo semestre de 2014. A programação, que acontece neta quinta e sexta-feira, dia 24 e 25 de julho, de 9 às 17h, no Campus do Gragoatá, em Niterói, faz parte da tradicional recepção dos calouros. 

Nesse semestre, o Sensibiliza vai contar com a participação dos intérpretes de libras da uff, bolsistas do PDI acessível e de alunos com deficiência. Durante todo o dia, os novos alunos terão a oportunidade de participar e de assistir várias atrações culturais e acadêmicas, conferências e apresentação de diversos projetos desenvolvidos pela UFF.

 
See video

Entrevista

Políticas de inclusão na Escola Regular

 

Entrevista de Lucia de Mello e Souza Lehmann com Cristina Maria Carvalho Delou

Quem somos

símbolo internacional da pessoa com deficiencia

O Núcleo de Acessibilidade e Inclusão-Sensibiliza UFF é resultado de um esforço conjunto de docentes, técnico-administrativos e alunos de vários setores da universidade e instituições parceiras, com o objetivo de fomentar a implantação e consolidação de políticas inclusivas na Universidade Federal Fluminense, por meio da eliminação de barreiras arquitetônicas, comunicacionais, metodológicas, instrumentais, programáticas e atitudinais enfrentadas pela comunidade.
Atualmente o NAIS é vinculado à Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – Proaes, que tem por finalidade, desenvolver políticas de apoio estudantil por meio de ações que promovam a melhoria do desempenho acadêmico.
 

Conteúdo sindicalizado

Downloads

  • O Programa Brasileiro de Acessibilidade Urbana tem como objetivo estimular e apoiar os governos municipais e estaduais a desenvolver ações que garantam a acessibilidade para pessoas com restrição de mobilidade aos sistemas de transportes, equipamentos urbanos e a circulação em áreas públicas. Trata-se de incluir, no processo de construção das cidades, uma nova visão que considere o acesso universal ao espaço público.

  • Francisco José de Lima.
    Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP).

    O presente estudo faz uma discussão sobre os benefícios que o desenho pode trazer a pessoas portadoras de limitação visual, total ou parcial, mostrando que essas podem produzir e reconhecer figuras bidimensionais em alto-relevo, bem como defende a "limitação" em oposição a "deficiência", como descritivo para pessoas portadoras de limitações mental...
     

  • Nós, os participantes da Primeira Conferência da Rede Ibero-Americana de Organizaçőes Não-Governamentais de Pessoas com Deficiência e suas Famílias, reunida em Caracas, entre os dias 14 e 18 de outubro de 2002...